Livro de Teoria e Exercícios com Gabarito de Matemática

Aulas de Português

Como usar a vírgula?

A vírgula faz parte da pontuação gráfica. Ela é um dos assuntos que constarão na prova de Linguagens, Códigos e suas tecnologias do ENEM. Saiba como usar a vírgula e tenha êxito!

Vírgula - Como usar?

Vírgula – Como usar?

Os estudantes da Língua Portuguesa sabem que não é tão fácil empregar a vírgula corretamentee. Alguns encontram extrema dificuldade, pois o seu uso exige conhecimento de alguns casos. Será que você os conhece? Você sabe como usar a vírgula ao escrever um texto?

Se você é como a maioria, certamente, usa a vírgula demasiadamente. Tanto o seu uso extremo como a falta prejudica o seu desempenho no momento da prova Enem.Por isso, aprenda hoje como vencer esse grande obstáculo!

Leia também…

O que é a vírgula?

De um modo geral, a vírgula marca uma pausa de pequena duração. Entretanto, é bom frisar que, nem sempre, a pausa respiratória corresponde à vírgula. E, nem sempre também, a vírgula é marcada, na fala, por uma pausa respiratória.

Nos exemplos abaixo, você pode verificar isso:

  1. a) Os excelentes bailarinos do balê Bolshoi foram recepcionados pela embaixada de seu país
  2. b) Aos noivos desejamos toda a felicidade possível
  3. c) Fizeste o almoço? Sim, senhora!

Nos exemplos a e b, não há vírgula, embora se possa até fazer uma pausa, ao nível da fala, após a palavra Bolshoi e noivos.

Já no exemplo c, ao contrário, há vírgula (separando o vocativo), mas, na cadeia da fala, ela é imperceptível.

Como usar a vírgula?

Agora que você já entendeu o que é a vírgula, veja a seguir os casos em que deve empregá-la, os casos proibidos e quando ela é facultativa. Bom aprendizado!!

É proibido o uso da vírgula para separar:

  1. a) sujeito e predicado
  • O Secretário Geral da Organização das Nações Unidas (sujeito) convocará uma reunião de emergência (predicado)
  1. b) o verbo e seus complementos (objeto direto e indireto)
  • Comunicamos (verbo) ao prezadíssimo amigo (objeto indireto) que estaremos a seu inteiro dispor (objeto direto).

Emprega-se a vírgula nos seguintes casos

a) Para separar termos da mesma função sintática

  • Eu quis ficar mais um pouco e o teu corpo e o meu tocavam inquietudes, caminhos, noites, números, datas (Carlos Nejar. Casa dos Arreios, Nas Altas Torres)
  • A sala era enorme, vazia, escura
  • Gostava dos amigos, da cidade, das coisas

b) Para isolar o aposto

  • …o Vargas gordo, o das corridas, estendeu a face enorme, imberbe e cor de papoula (Eça de Queirós. Os Maias)
  • Da Vinci, espírito enciclopédico, foi a alma da Renascença

c) Para isolar o vocativo

  • Ao que aprecio também, Chefe, a distinção minha desta ocasião, de dar meu voto (J. Guimarães Rosa. Grande Sertão: Veredas)
  • Adeus, meu cajueiro! (Humberto de Campos. Memórias)

d) Para isolar o adjunto adverbial deslocado (vírgula não obrigatória, mas aconselhável)

  • Diziam que, no velho cemitério da vila inundado, os caixões boiavam (Dalcídio Jurandir. Três Casas e um rio)
  • Ama, com fé e orgulho, a terra em que nasceste (Olavo Bilac. A Pátria)
  • Durante a peça teatral, não se escutou um só ruído
  • Explique, sem constrangimento, qual o seu problema

Obs.: Quando o adjunto adverbial for constituído de um só termo, mesmo que esteja deslocado, não há necessidade de vírgula. Porém, se quiser enfatizar a expressão, você pode usar esse recurso de pontuação.

  • Ali várias pessoas discutiam
  • Ali, várias pessoas discutiam

e) Para separar localidade da data e nos endereços

  • Porto Alegre, 29 de julho de 2016
  • Blumenau, julho de 2017

f) Para marcar a supressão do verbo

  • Eu fui de ônibus e ela, de avião (= ela foi de avião)
  • Nós tivemos só alegrias; eles, só tristezas (= eles tiveram só tristezas)

g) Para isolar certas expressões (exemplificativas ou de retificação), tais como: por exemplo, além disso, isto é, a saber, aliás, digo, minto, ou melhor, ou antes, outrossim, com efeito etc

  • Observe, por exemplo, o edital publicado no Diário Oficial de quarta-feira passada.

h) Para isolar o predicativo deslocado (vírgula não obrigatória, mas aconselhável)

  • A mulher, desesperada, correu em seu socorro
  • Desesperada, a mulher correu em seu socorro

Obs.: Se estivesse em ordem direta, o período ficaria assim:

  • A mulher correu desesperada em seu socorro

received_1035368899927781-1-768x384-2

i) Para separar as conjunções coordenativas adversativas e conclusivas deslocadas

  • Estou doente; não contem, portanto, comigo
  • Durante o ano, trabalhamos muito; nas férias, porém, descansaremos bastante
  • Tudo não passou de um mal entendido; façamos, pois, as pazes.

j) Para isolar os elementos repetidos

  • Sandrinha pulou, pulou, pulou neste carnaval até cansar…

l) Para separar orações coordenadas (assindéticas, adversativas e explicativas)

  • Vim, vi,venci (assindéticas)
  • Estudou, mas não conseguiu aprovação (adversativa)
  • Estudou muito, logo tinha de ser aprovado (conclusiva)
  • Vá de uma vez, porque vai chover (explicativa)

Obs.: As conjunções e, nem e ou normalmente não são virguladas. A vírgula poderá, no entanto, ser usada nos seguintes casos:

  1. a) OU – se houver retificação ou alternativa
  • Ou tudo, ou nada. Se precisar de auxílio, ou a dor nas costas exigir massagem, telefone para clínica Santos
  1. b) E – se os sujeitos forem diferentes
  • Algumas autoridades avalizam o vandalismo, e o ódio entre pobres e ricos vai aumentando (Revista Manchete, 25.08.90, pg. 112)

ATENÇÃO: a frase foi escrita sem vírgula, mas, como pode se verificar, a ausência desse sinal de pontuação prejudica a leitura.

m) Para separar orações adjetivas explicativas (não restritivas)

  • A água, que é incolor, tem por fórmula H2O
  • O gelo, que é frio, conserva os alimentos
  • Tu, que a tantos ajudaste, estás agora por todos abandonado
  • Aqueles homens, que a tudo assistiam com interesse, ficaram perplexos

Você aprendeu os casos em como usar a vírgula, um elemento fundamental para compreender um texto ou passar uma mensagem.

Para a redação no Enem, o uso correto da vírgula é essencial. Por isso, você deve conhecer profundamente e praticar. Quanto mais prática você tiver, melhor será o seu desempenho. A leitura também ajuda a identificar o seu posicionamento.

Comente qual a sua maior dificuldade no uso de pontuação e se já domina a vírgula. Comente também o que achou dessa pequena aula. Gostou? Foi útil?

Se desejar, compartilhe com aqueles que precisam também saber sobre a vírgula e seus usos corretos.

960x171-anuncio-blog-genio
Loading Facebook Comments ...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.