468×60

Livro de Teoria e Exercícios com Gabarito de Matemática

Biologia

Organelas Citoplasmáticas – Citologia [VÍDEO]

Vamos dar início ao estudo de Citologia, falando sobre organelas citoplasmáticas

Organelas Citoplasmáticas

A primeira organela que falaremos é o citoplasma, que está presente em todas as células do planeta terra. Talvez presentes também em todas as células do universo.

As organelas citoplasmáticas, estão sempre mergulhadas em um líquido ou fluido chamado de citosol. 

 Vídeo da Aula 

Lembrando que o citoplasma das células procariontes, que são as células das arqueobatérias e bactérias, só possuem ribossomos, não vão ter mais nenhuma organização citoplasmática, ou seja, todas as organelas que falaremos aqui nessa aula, com exceção do ribossomo, só estão presentes nas células eucariontes.

Organelas Citoplasmáticas

Ribossomos

Esses ribossomos são organelas que não possuem uma membrana lipoproteica, que é parecida com membrana plasmática, e eles fazem a fabricação de proteínas ou síntese proteica, tanto nos procariontes como nos eucariontes.

Ribossomo e síntese proteica

Ribossomo e síntese proteica

A partir de agora só encontraremos as estruturas abaixo em células eucarióticas.

Organelas Citoplasmáticas

Retículo Endoplasmático

O retículo endoplasmático granuloso ou retículo endoplasmático rugoso, que é um conjunto de tubos e bolsas com ribossomos aderidos.

É claro, se tem ribossomo, ele também é responsável pela síntese de proteínas.

Retículo Endoplasmático liso e rugoso

Retículo Endoplasmático

Os ribossomos livres no citoplasma apresentam uma função diferente em relação ao retículo plasmático granuloso: a maior parte das proteínas fabricadas pelos ribossomos, que estão livres no citoplasma, são proteínas para uso interno, enquanto o retículo endoplasmático granuloso geralmente fabrica a proteína que vão ser eliminadas da célula.

E nós temos um outro tipo de retículo, o retículo endoplasmático agranuloso ou liso, que não vai formar a proteína, é também um conjunto de de bolsas e tubos que fabricam lipídios, que são responsáveis pela desintoxicação celular.

Então boa parte daquilo que é tóxico para a célula vai ser metabolizado dentro do retículo endoplasmático agranuloso.

Organelas Citoplasmáticas

Complexo de Golgi

Nas células eucariontes nós temos também o complexo de Golgi, que é um conjunto de bolsas achatadas, uma sobre as outras, que são chamadas de cisternas.

complexo de Golgi ou golgiense

Complexo de Golgi

O complexo Golgiense é responsável pela secreção celular, ou seja, tem a finalidade de enviar coisas úteis e boas pra fora da célula, geralmente envia proteínas que estão vindo do retículo endoplasmático granuloso.

Essas proteínas chegam no Golgi e aí são empacotadas, e depois essas bolsas são enviadas para a membrana plasmática, ocorrendo então a secreção celular.

Essa organela tem outras funções, como por exemplo, formar o acrossomo no espermatozóide,  que é aquela estrutura na cabeça do espermatozóide, que vai ajudá-lo a penetrar no óvulo da fêmea.

Além disso o complexo de Golgi também atua na síntese de alguns carboidratos, principalmente polissacarídeos, ou seja, aqueles carboidratos com uma estrutura física maior.

O CURSO COMPLETO DE BIOLOGIA VOCÊ ENCONTRARÁ COMO UM DOS BÔNUS DO CURSO GÊNIO DA MATEMÁTICA (AULAS COM  O PROF. RICARDO SABÓIA) 

Matemática para concursos

Gênio da Matemática

Lisossomos

A próxima organela fabricada pelo complexo golgiense , que é importantíssima, é o lisossomo.  Os Lisossomos são bolsas com enzima dentro e que fazem a digestão intracelular.

Se eles digerirem algo que veio de fora da célula, nós teremos a heterofagia e se digerirem algo de dentro da célula nós temos a autofagia.

Lisossomos

Lisossomos

Não podemos esquecer também dos peroxissomos, que tem uma enzima dentro deles chamada de catalase responsável pela quebra da água oxigenada ou peróxido de Hidrogênio (H2O2).

Organelas Citoplasmáticas

Mitocôndrias e Cloroplastos

As organelas que mais aparecem nas provas são chamadas de  mitocôndrias e cloroplastos

As mitocôndrias são organizada com uma dupla membrana que possuem ribossomos e DNA próprio e elas fabricam também as suas próprias proteínas, são mais independentes do resto da células.

Sua função respiração celular ou seja fabricação de ATP.

Já os cloroplastos não estão presentes em todas as células eucariontes, você só vai encontrá-los em células vegetais e células de algas .

Eles também possuem DNA próprio, ribossomos, uma membrana dupla mas dentro dele tem alguns pigmentos, por exemplo a clorofila, e na verdade a função do cloroplasto é fazer a fotossíntese.

Lembrando que quando se fala de mitocôndrias e cloroplastos, temos a  hipótese da endossimbiótica, onde tanto os cloroplastos como mitocôndrias, no passado, eram bactérias que foram fagocitadas  por células maiores e aí passaram a viver juntos.

Centríolos

Nós temos também os Centríolos,  que são também são organelas não membranosas, presente nas células eucarióticas formados por micro tubos, e que estão envolvidos no processo de divisão celular, formando as fibras do fuzo.

Eles também são responsáveis pela formação dos cílios e flagelos que por sua vez atuam na locomoção da célula.

Ainda nós temos nas células Eucariontes os citoesqueletos, que é um conjunto de estruturas proteica, dentro do citoplasma, que vão dar forma e sustentação para célula.

Claro que não podemos esquecer do mais importante componente das células eucarióticas, o famoso núcleo, que será o tema da  próxima aula.

960x171-anuncio-blog-genio

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.