Livro de Teoria e Exercícios com Gabarito de Matemática

Redação

Redação Enem – FIES exigirá mínimo 400 pontos!

A partir de 2020, a nota mínima da redação Enem para ingresso ao Fies será de 400 pontos e não mais superior a zero como anteriormente. Outras mudanças serão feitas no programa, porém, em 2021. Saiba informações e se mantenha atualizado em nosso blog Gênio do Enem!

O ano de 2020 passará por algumas mudanças no Programa Fies – Fundo de Financiamento Estudantil.

Principalmente, a exigência quanto a pontuação para ingresso que passará a ser 400 pontos na redação Enem, e não mais superior a zero como anteriormente.

Sendo assim, é bom ficar atento para esse novo critério antes mesmo de se inscrever. Até porque ele foi aprovado pelo Comitê Gestor do Fies, na data de 20 de dezembro de 2019. Então, provavelmente, essa nota será exigida já para o ano que vem.

As questões objetivas do Enem permancem 450 pontos

Porém, vale ressaltar que para a pontuação das provas objetivas do Enem, a nota mínima permanece com 450 pontos. E, além dessa mudança, ficará mais difícil alterar o curso que você escolheu dentro da instituição de ensino.

Agora, caso você deseje trocar de curso, então, terá que obter o resultado igual ou superior a nota de corte para o curso pretendido.

Desse modo, será preciso verificar se você preencherá os requisitos para essa transferência ser efetiva.

Portanto, essas mudanças, segundo o MEC – Ministério da Educação, é para valorizar a meritocracia que visa o aluno a conquistar a graduação por mérito.

E, assim, fazer com que os profissionais do mercado sejam mais qualificados e preparados para esse mundo competitivo.

Por essa razão, a exigência de alterar a nota a fim de incluir no programa apenas aqueles candidatos mais bem colocados na redação Enem.

Abaixo há um resumo do que ocorrerá para os próximos anos no Programa FIES – Fundo de Financiamento Estudantil. Então, conheça, fique por dentro e se prepare!

Principais motivos para a mudança no FIES

As mudanças no FIES são decorrentes de alguns ajustes para que o programa continue a existir. Assim, segundo as gestões do MEC, um dos motivos é a inadimplência do programa que está alta.

Para você ter uma noção, o percentual atingiu o valor de 50,1% de acordo com os dados fornecidos do ministério. Ou seja, a metade dos alunos estão devendo o financiamento. Com isso, gera impacto negativo para o programa estudantil pertencente ao governo.

Ainda em tramitação e aprovação, o comitê gestor poderá fazer cobrança judicial dos valores devidos. Então, essa iniciativa de judicialização tende a ser feita somente nos contratos com dívidas de até 10 mil e firmados até o 2º semestre de 2017.

Conforme a informação do MEC, a cobrança do financiamento de qualquer valor é no âmbito administrativo. Então, caso o comitê efetive a decisão da cobrança judicial, os valores menos de 10 mil permanecerão apenas com cobrança normal ao acionar devedores e fiadores.

Principais mudanças no Programa FIES

Dado a isso, as mudanças serão as seguintes:

  • Nota passa a ser exigida com mínimo de 400 pontos na redação Enem para ingresso ao Fies
  • Caso escolha a modalidade P-Fies, não será mais exigido o Enem e nem limite de renda. Anteriormente, para optar a esse financiamento, você teria que comprovar renda bruta familiar mensal por pessoa de até 5 salários mínimos. Também você poderá contratar esse tipo de financiamento durante o ano inteiro, e não mais quando estiver aberto o processo seletivo. Sendo assim, ele é mantido por bancos privados e fundos constitucionais
  • O Fies Juro Zero é outro tipo de modalidade que você poderá concorrer a uma vaga. Assim, ele é financiamento totalmente pelo governo federal. E é direcionado a alunos com renda familiar bruta mensal por pessoa de até 3 salários mínimos.
  • A partir de 2021, possivelmente, haverá redução de vagas financiadas pelo governo federal. Assim, o que em 2020 será ofertada 100 mil vagas, já em 2021 e 2022, haverá apenas 54 mil, de acordo com o quadro econômico atual

Conclusão

Como visto, as mudanças ocorrerão gradativamente a fim de que o programa Fies continue a ser sustentável, sem quaisquer prejuízos financeiros. Por isso, antes mesmo de você tentar a uma vaga é bom verificar se atende a esses novos critérios obrigatórios.

Para mais informações, acesse o site oficial do Fies e fique atualizado de todas as novidades. Para isso, clique Fies MEC e leia as notícias.

Comente o que você achou dessa novidade e se tem interesse em se inscrever ao FIES. Compartilhe, se assim desejar!

960x171-anuncio-blog-genio

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.