Livro de Teoria e Exercícios com Gabarito de Matemática

Ciências Humanas e suas Tecnologias

Sócrates, Platão e Aristóteles – Resumo de filosofia para o Enem – Parte II

Resumo de filosofia para o Enem

Aqui estamos novamente abordando sobre Sócrates, Platão e Aristóteles. Assim sendo, na Parte I que você pode ler clicando AQUI, abordamos apenas sobre Sócrates e suas influências para a filosofia.

Neste resumo de filosofia para o Enem, o blog Gênio do Enem está com o objetivo de mostrar um pouco sobre cada um desses pensadores que são certos de constarem em uma das questões da prova.

Portanto, vale a pena ler! E hoje abordaremos sobre Platão, seus pensamentos. Bem como Aristóteles e suas ideias. Enfim, continue conosco nessa viagem pelo mundo desses grandes pensadores célebres.

Leia também: Ciências Humanas e suas tecnologias

Sócrates, Platão e Aristóteles – Resumo de filosofia para o Enem – Parte II

Platão (428-348 a.C) em Resumo de filosofia para o Enem

Platão, aluno de Sócrates, imortalizou-o como personagem de seus livros (o próprio Sócrates nunca escreveu nada). Assim sendo, Platão foi um gigante filosófico.

Dessa maneira, prenunciou muito do pensamento cristão, mas sua maior contribuição foi apontar que o poder tende a se concentrar nas mãos dos generais e dos ricos. E que essas pessoas são muito perigosas de se permitirem ter o poder.

Logo, eram gananciosos, agressivos e egoístas. Então, o único futuro para os humanos, se continuassem no comando, seria a guerra e a destruição.

Agora, os filósofos devem estar no comando. Assim sendo, aqueles com mais inteligência, imaginação, compaixão e integridade devem tomar as grandes decisões.

Reis – filósofos

Para tanto, ele os chamou de “reis-filósofos”. Logo, a democracia pura levaria ao governo da turba, corrupção. Ademais, decisões baseadas na ignorância.

Pelo menos nesse aspecto, acredita-se que ele estava certo há 2.400 anos e ainda está certo. Então, queria encontrar uma maneira de elevar os mais inteligentes, criativos.

Também honestos e compassivos entre nós a posições de poder, em vez de permitir que as pessoas com mais dinheiro ou mais tropas assumissem essas posições. Enfim, queria que as melhores pessoas dirigissem.

Ele falhou em seu próprio tempo. Pois, não conseguiu encontrar um método de tirar o poder das pessoas que o possuíam.

Para tanto, a não ser por meio de um complicado sistema de apartheid de elite. E com uma série de exames em assuntos cruciais que abrangiam várias décadas dos líderes em potencial vidas.

Não funcionou, obviamente. Mas, ele destacou a necessidade de questionar constantemente as qualificações exigidas em nossos principais tomadores de decisão.

Famoso por seu mundo das formas e das ideias

Platão também era famoso por seu mundo de formas ou ideias. No mundo cotidiano, tudo está mudando ou se tornando. Sendo assim, as coisas nascem, crescem, amadurecem, se deterioram e morrem.

Apenas o mundo das formas é imutável – o mundo da verdade, não da opinião. E ele concordou que as ideias matemáticas controlavam a organização do universo.

Então, a realidade reside neste mundo arquetípico e é acessada por meio do intelecto. Logo, o mundo que vemos ao nosso redor é uma pálida imitação e é acessado por experiências subjetivas falíveis.

A realidade última é transcendente, não imanente. Portanto, não é difícil ver como Platão influenciou a visão cristã posterior do céu.

Aristóteles (384-322 a.C) em Resumo de filosofia para o Enem

Aristóteles recolocou a realidade na imanência. Assim sendo, o mundo ao nosso redor é real.

Logo, as formas universais de Platão existem, mas apenas na mente dos humanos. Desse modo, uma vez que eles experimentaram exemplos diferentes o suficiente de uma forma particular.

Praticamente, tudo o que os humanos sabiam naquela época era conhecido por Aristóteles. Logo, matemática, ciência, geometria, anatomia, astronomia, história natural. Então, era um repositório de conhecimento humano de que nenhuma pessoa jamais esteve perto desde então.

Para tanto, era aluno de Platão, mas, ao contrário de Platão, não reverenciava seu professor. Então, estabeleceu as regras da lógica e é conhecido como o pai da ciência. E introduziu método da hipótese/dedução.

CURSO ONLINE GÊNIO DA MATEMÁTICA

Sempre no mundo das hipóteses

Embora possuidor de incrível inteligência e imaginação, não parece que ele passava muito tempo pensando em ética, como Sócrates. E, e se o fez, talvez não valorizasse tanto o caráter.

Ele pensava que as mulheres eram inferiores apenas porque ocupavam posições inferiores na sociedade em que vivia. E achava que a escravidão era natural.

Portanto, embora ele tenha mudado o curso da história, acredita-se que seu foco consolidou o poder das pessoas erradas desde então. Por isso, é possível notar que ainda estamos em um mundo aristotélico.

Seria benéfico para o atual mundo hoje permitir que as ideias de Platão criassem um contrapeso para a abordagem aristotélica.

Foi professor de Alexandre, o Grande

Aristóteles foi o professor de Alexandre, o Grande. Então, quem sabe se o foco de Aristóteles em bravura, temperança. Como também ‘sabedoria prática’ em vez de compaixão ou teoria.

Ademais, foi que Alexandre causou uma enorme quantidade de dor e danos ao redor do mundo em sua busca imperial.

Depois disso, tudo se resumia ao poder e a filosofia começou a definhar. Logo, Júlio César cruzou o Rubicão em 49 a.C. Para tanto, removeu o último vestígio de responsabilidade do mundo clássico.

Então, a antiguidade clássica terminou quando Roma caiu em 476 d.C, e o mito estava de volta com força total quando a Igreja Cristã suplantou a filosofia na Europa.

Desse modo, havíamos perdido tudo, filosoficamente falando, que havia sido construído desde Thales. Foi uma tragédia. Não estaríamos no nível de Sócrates, Platão e Aristóteles novamente por mais de 2.000 anos.

E de fato a autoridade de Aristóteles em questões científicas era tal que mesmo no século XVIII. Ademais, questionar suas ideias era quase um anátema, mesmo quando eles não mais resistiram ao escrutínio lógico ou empírico.

Ironicamente, o próprio Aristóteles seria totalmente contra aceitar a autoridade de alguém. Por isso, ele teria encorajado o teste de todas as ideias.

Finalizamos esse assunto para o resumo de filosofia para o Enem e esperamos que você obtenha mais conhecimento desses pensadores. E, se desejar, comente a respeito.

960x171-anuncio-blog-genio

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.