Livro de Teoria e Exercícios com Gabarito de Matemática

Aulas de Português Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Dificuldades da Língua Portuguesa – 12 termos mais comuns!

Tire as suas dúvidas a respeito de alguns termos comuns que mais geram dúvidas na hora de escrever. Conheça estas principais dificuldades da Língua Portuguesa!

Dificuldades da Língua Portuguesa

Dificuldades da Língua Portuguesa

A prova do Enem se aproxima e, certamente, você já deve estar a todo vapor se preparando. Ainda mais quando se fala em português, não é mesmo? Por esse motivo, queremos te ajudar mostrando 12 termos de dificuldades da Língua Portuguesa.

Sem dúvida, se você não conhecê-los ou não sabê-los empregar da forma correta, estará cometendo erros no momento da redação ou ao responder algum enunciado. Talvez, causem bastantes dúvidas para você e tantos outros.

Desse modo, te convido a acompanhar quais são estes 12 termos mais comuns que podem atrapalhar o seu desempenho no momento da prova Enem. Confira abaixo!

Você também poderá gostar de saber…

12 termos mais comuns de dificuldades da Língua Portuguesa

Será que você sabe usar o a fim (separado) de afim (junto)? Conhece o significado de cada termo e em que momento empregar? Abaixo você descobrirá esse e outros mais! Acompanhe!

1 – A fim ou afim?

Essa é uma das maiores dificuldades da Língua Portuguesa por serem bem parecidas a sua grafia. No entanto, são diferentes. Veja abaixo!

Afim = Você deverá escrever afim, quando quiser dizer semelhante. Exemplo:

  • “O gosto dela era afim ao da turma”.

A fim = Escreva a fim (de), quando quiser indicar finalidade. Exemplos:

  • “Veio a fim de conhecer os parentes”
  • “Pensemos bastante, a fim de que respondamos certo”
  • “Ela não está a fim do rapaz”

2 – A par ou ao par?

A expressão ao par significa sem ágio no câmbio, pelo valor nominal. Portanto, se você quiser utilizar esse tipo de expressão, significando ciente, deverá escrever a par. Exemplos:

  • “As ações foram cotadas ao par”
  • “Fiquei a par do ocorrido”
  • “Maria não está a par do assunto”

3 – A cerca de, acerca de ou há cerca de?

A cerca de significa a uma distância. Exemplo:

  • “Osório fica a cerca de uma hora de automóvel da capital”

Acerca de – significa sobre. Exemplo:

  • “Conversaram acerca de política”

Há cerca de – significa que faz ou existe (m) aproximadamente. Exemplos:

  • “Moro neste apartamento há cerca de oito anos”
  • “Há cerca de doze mil vestibulandos concorrendo às vagas na Universidade”

4 – Ao encontro de ou de encontro a?

Ao encontro de – quer dizer favorável a, para junto de. Exemplos:

  • “Isso vem ao encontro do desejo da turma”
  • “Vamos ao encontro dos colegas”

De encontro a – quer dizer contra. Exemplos:

  • “Um carro foi de encontro a outro”
  • “Esta medida desagradou aos funcionários, porque veio de encontro às suas aspirações”

5 – Há ou A?

Quando você se refere a um determinado espaço de tempo, poderá escrever há ou a, nas seguintes situações:

Há – quando o espaço de tempo já tiver decorrido e puder ser substituído por faz. Exemplo:

  • “Ela saiu há dez minutos” (= ela saiu faz 10 minutos)

A – quando o espaço de tempo ainda não transcorreu, ou, se transcorreu, não puder ser substituído por faz. Exemplos:

  • “Ela voltará daqui a dez minutos”
  • “Estamos a quase dois mil anos do nascimento de Cristo”

6 – Para eu ou para mim?

Usa-se para eu (para tu), quando o eu (tu) é sujeito (geralmente seguido de um infinitivo). Exemplos:

  • “Empresta-me este livro para eu ler”
  • “Este trabalho é para tu realizares”

Usa-se para mim (para ti), quando, após essa expressão, não existir verbo (ou, em estando ali o verbo, o pronome não for o seu sujeito). Exemplos:

  • “Empresta este livro para mim”
  • “Este trabalho é para ti”

Lembre-se: MIM nunca faz nada, portanto, MIM não pode ser sujeito.

7 – Enfim ou em fim?

As expressões enfim (= finalmente) e em fim (= no final) não devem ser confundidas: enfim escreve-se junto, com N e em fim constitui-se de dois termos, a preposição em + o substantivo fim. Exemplos:

  • “Enfim sós, graças a Deus”
  • “Estes professores estão em fim de carreira: sua aposentadoria está prevista para breve”

8 – Se não ou senão?

Você deverá empregar o se não quando o se puder ser substituído por caso ou na hipótese de que. Exemplo:

  • “Se não chover, viajarei amanhã (= caso não chova – ou na hipótese de que não chova -, viajarei amanhã)”

Para as demais alternativas que não se enquadram nesse ponto, a expressão sempre se escreverá com uma só palavra: senão. Exemplos:

  • “Vá de uma vez, senão você chegará tarde (senão = caso contrário)
  • “Nada havia a fazer senão conformar-se com a situação (senão = a não ser)”
  • “As pedras achadas pelo bandeirante não eram esmeraldas, senão turmalina, puras turmalinas (senão = mas)”
  • “Não havia um senão naquela criatura (senão = defeito)”

9 – Vi e gostei da peça ou vi a peça e gostei dela?

Somente a segunda construção está correta, uma vez que os dois verbos da frase têm predicação diferente (o primeiro é transitivo direto e o segundo transitivo indireto).

  • “Quem vê, vê alguma coisa”
  • “Quem gosta, gosta de alguma coisa”

10 – Todo o ou todo?

A expressão todo o significa inteiro. Exemplos:

  • “Todo o Brasil deu as mãos”
  • “Toda a Europa sofreu com a guerra”

A expressão todo significa qualquer. Exemplos:

  • “Todo mundo entrou na dança”
  • “Toda primavera é florida”

received_1035368899927781-1-768x384-2

11 – A princípio ou em princípio?

A expressão a princípio significa no começo, inicialmente. Exemplo:

  • “A princípio, eles foram muito felizes”

A expressão em princípio significa em tese. Exemplo:

  • “Em princípio, o preço solicitado parece-nos justo”

12 – Haja vista ou haja visto?

A expressão haja vista, que significa veja-se a propósito, tem, como segundo elemento, a palavra vista (neste caso, sempre invariável). É, pois, incorreto o emprego de haja visto. O verbo haja, porém, pode pluralizar: hajam vista. Exemplo:

  • “O trânsito nas estradas tem estado caótico: haja vista o trágico acidente de ontem (hajam vista os trágicos acidentes)”

Que tal? Gostou de aprender sobre esses 10 termos mais comuns de dificuldades da Língua Portuguesa? Esperamos que sim!

Continue acessando o nosso blog que terá muito mais dicas de escrita, gramática e tudo que envolve as provas do Enem.

Comente o tópico que já sabia e aquele que descobriu nesse post! Queremos saber se esse post foi útil a você! Se desejar, compartilhe com os seus amigos, familiares e colegas!

960x171-anuncio-blog-genio
Loading Facebook Comments ...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.