Livro de Teoria e Exercícios com Gabarito de Matemática

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Desmatamento na Amazônia – Conceito e consequências

Desmatamento na Amazônia

Desmatamento na Amazônia é um dos temas polêmicos para as provas do Enem. Por essa razão, você precisa compreendê-lo! Descubra aqui o que é desmatamento e como a destruição na Amazônia pode trazer riscos e prejuízos ambientais.

desmatamento na Amazônia

desmatamento na Amazônia

O desmatamento na Amazônia cresceu nos últimos anos e tem crescido a cada ano. Um estudo anual divulgado pelo governo estima que a sua taxa de desmatamento aumentou 29% em relação ao ano passado.

Esse é o segundo ano consecutivo que a destruição da Amazônia acelerou. No ano passado, o ritmo aumentou em cerca de 24%.

A taxa estimada de desmatamento, divulgada na pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais do Brasil (INPE), é baseada em imagens de satélite.

O instituto descobriu que, de agosto de 2015 a julho de 2016, a floresta amazônica foi desmatada a uma taxa estimada de 7.989 quilômetros quadrados (mais de 3.000 milhas quadradas).

No ano anterior, eram 6.207 quilômetros quadrados. Há dois anos, quase não ultrapassavam os 5.000 quilômetros quadrados.

Como visto, é uma problemática que atinge não apenas o meio ambiente, mas a comunidade como um todo. A Floresta Amazônica é considerada o pulmão do mundo sendo um principal ativo para a sobrevivência da humanidade.

Sem dúvida, esse tema irá constar na prova do Enem já que o presidente Temer recentemente assinou o Decreto n° 9.142 gerando vários questionamentos e controvérsias.

Nesse decreto consta a liberação para a exploração privada de minérios como ferro, ouro, cobre, manganês e outros na região. Além desse, contará com a extinção da Renca (9 zonas de proteção).

Visite a nossa categoria abaixo:

O que é desmatamento?

O desmatamento é a destruição permanente das florestas para tornar a terra disponível para outros usos.

Estima-se que cerca de 18 milhões de hectares de floresta, aproximadamente o tamanho de Panamá, são perdidos a cada ano, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Onde ocorre o desmatamento?

O desmatamento ocorre em todo o mundo, embora as florestas tropicais sejam particularmente direcionadas.

A NASA prevê que, se os níveis atuais de desmatamento prosseguir, as florestas tropicais do mundo podem estar completamente em tão pouco quanto 100 anos.

Os países com desmatamento significativo incluem o Brasil, a Indonésia, a Tailândia, a República Democrática do Congo e outras partes da África e partes da Europa Oriental. No Brasil, vemos o desmatamento na Amazônia, o qual é tema recorrente de discussões.

Esse dado é de acordo com o GRID-Arendal, um centro colaborador do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

O país com maior desmatamento é a Indonésia. Desde o século passado, a Indonésia perdeu pelo menos 15,79 milhões de hectares de terras florestais, de acordo com um estudo da US University of Maryland e do World Resource Institute.

Causas do desmatamento

Existem muitas causas de desmatamento. O WWF informa que a metade das árvores retiradas ilegalmente das florestas é usada como combustível.

Alguns outros motivos comuns são para:

  • Disponibilizar mais terreno para habitação e urbanização
  • Colher madeira para criar itens comerciais, como papel, móveis e casas
  • Criar ingredientes que são itens de consumo altamente valorizados, como o óleo de palmeiras
  • Criar espaço para pecuária

Métodos comuns de desmatamento estão queimando árvores e cortes claros. Essas táticas deixam a terra completamente estéril e são práticas controversas.

O corte desobstruído é quando grandes extensões de terra são cortadas de uma só vez. Um especialista em silvicultura citado pelo Conselho de Defesa dos Recursos Naturais descreve o corte claro como “um trauma ecológico que não tem precedentes na natureza, exceto por uma grande erupção vulcânica”.

A queima pode ser feita rapidamente, em grandes extensões de terra, ou mais devagar com a técnica de corte e queima.

A agricultura de corte e queima implica reduzir um pedaço de árvores, queimá-los e cultivar a terra. As cinzas das árvores queimadas fornecem algum alimento para as plantas e a terra é livre de erva daninha da queima.

Quando o solo se torna menos nutritivo e as ervas daninhas começam a reaparecer durante anos de uso, os agricultores passam para um novo pedaço de terra e começam o processo de novo.

Efeitos do desmatamento

As florestas são ecossistemas complexos que afetam quase todas as espécies do planeta.

Quando eles são degradados, pode desencadear uma cadeia devastadora de eventos tanto local quanto em todo o mundo. Alguns efeitos do desmatamento incluem:

1 – Perda de espécies

70% das plantas e animais do mundo vivem em florestas e estão perdendo seus habitats para o desmatamento, de acordo com a National Geographic.

A perda de habitat pode levar à extinção das espécies. Também tem conseqüências negativas para pesquisas medicinais e populações locais que contam com animais e plantas nas florestas para caça e remédios.

2 – Ciclo da água

As árvores são importantes para o ciclo da água. Elas absorvem a queda da chuva e produzem vapor de água que é liberado para a atmosfera.

As árvores também diminuem a poluição na água, de acordo com a Universidade Estadual da Carolina do Norte, ao parar o escoamento poluído.

O desmatamento na Amazônia prejudica o ciclo da água. Nessa região, mais da metade da água no ecossistema é mantida dentro das plantas, de acordo com a National Geographic Society.

3 – Erosão do solo

As raízes das árvores ancoram o solo. Sem árvores, o solo é livre para lavar ou soprar, o que pode levar a problemas de crescimento da vegetação.

O WWF afirma que os cientistas estimam que um terço das terras aráveis ​​do mundo está perdido para o desmatamento desde 1960. Após um corte claro, culturas comerciais como café, soja e óleo de palma são plantadas.

Plantar esses tipos de árvores pode causar maior erosão do solo porque suas raízes não conseguem segurar o solo.

“A situação no Haiti em comparação com a República Dominicana é um excelente exemplo do importante papel que as florestas desempenham no ciclo da água”, disse Daley.

Ambos os países compartilham a mesma ilha, mas o Haiti tem muito menos cobertura florestal do que a República Dominicana. Como resultado, o Haiti sofreu problemas extremos de erosão, inundação e deslizamento de terra.

4 – Qualidade de vida

A erosão do solo também pode levar a contaminação, entrando nos lagos, córregos e outras fontes de água. Isso pode diminuir a qualidade da água local e contribuir para uma má saúde nas populações da área.

Comente o que achou dessa pequena explanação e compartilhe com os seus amigos.

960x171-anuncio-blog-genio
Loading Facebook Comments ...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.